Nota
0

Se há memória neste Mundo cheio de políticos inconsequentes, de meias verdades, de contradições permanentes, de um PP017_mandela

Líder ético global essa tem de ser encontrada em Nelson Rolihlahla Mandela. Jovem advogado que lutou nos Tribunais contra o Regime do Apartheid, sofreu um cativeiro de 27 anos na prisão sul-africana da Ilha de Robben, e recusou em 1985 uma comutação da pena, Nelson Mandela nunca se deixou cegar pelo ódio.
Quando foi libertado, em 1990, quis construir em vez de destruir. Junto a Frederick De Klerk, então Presidente da África do Sul, foi determinante para evitar confrontos entre brancos e negros.
Foi Presidente do país só durante um mandato -1994-1999 – e abandonou o poder com o mesmo desapego com que o atingiu. Podia ter escolhido o caminho da vingança, como líder do ANC, contra o Regime de supremacia branco, mas preferiu a paz, a liberdade, a ética.
O grande guerreiro da tolerância, da paz, da ética, paira sobre nós. Esse é o destino dos mitos que perduram para a eternidade.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s