Atlas Violeta celebra o 25 de Abril 

medidas banner facebook

Não há cultura sem democracia, nem democracia sem cultura. Cultura é abertura de espírito, é capacidade para respeitar o outro, para olhar para as diferenças sem preconceitos ideológicos. 
Por isso, a Atlas violeta associação cultural e apoio social aos países de língua portuguesa comemora o 25 de Abril. Essa data que representou o primeiro dia do resto das vidas dos portugueses , que marcou libertação de um povo.

A 24 de Abril de 1974, um grupo de militares revoltosos, comandados por Otelo Saraiva de Carvalho, instalava-se no quartel da Pontinha. Paralelamente, os Emissores Associados de Lisboa, num programa apresentado por João Paulo Diniz, transmitiam a primeira senha da revolução – a canção “ E depois do adeus” de Paulo de Carvalho – e à meia-noite e vinte era emitida “ Grândola Vila Morena” de Zeca Afonso, na rádio renascença, no programa Limite com locução de Leite de Vasconcelos.

O 25 de Abril ganhava vida, tomando as ruas de Lisboa, com o povo e os militares em comunhão, colocando o ponto final numa odiosa Ditadura que arrastou Portugal para 48 anos de odiosa Ditadura. Começava um novo país.

www.facebook.com/atlasvioleta

#atlasvioleta
#25deabrilsempre

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s