“Antropofagia”

Obra “Antropofagia” da Grande Artista Plástica Brasileira Tarsila do Amaral

Nascida em 1º de Setembro de 1886, na Fazenda São Bernardo, em Capivari, interior de São Paulo , era filha de José Estanislau do Amaral Filho e de Lídia Dias de Aguiar, e neta de José Estanislau do Amaral, cognominado “o milionário” em virtude da imensa fortuna acumulada em fazendas do interior Paulista.

Representações na cultura:

Tarsila do Amaral já foi retratada como personagem no cinema e na televisão, interpretada por Esther Góes no filme “Eternamente Pagu” (1987), Eliane Giardini nas minisséries “Um Só Coração” (2004) e “JK” (2006).

A artista também foi tema da peça teatral Tarsila, escrita entre Novembro de 2001 e Maio de 2002 por Maria Adelaide Amaral.

A peça foi encenada em 2003 e publicada em forma de livro em 2004. A personagem-título foi interpretada pela atriz Esther Góes e a peça também tinha Oswald de Andrade, Mário de Andrade e Anita Malfatti como personagens.

Tarsila do Amaral foi homenageada pela União Astronómica Internacional, que em 20 de novembro de 2008 atribuiu o nome “Amaral” a uma cratera do planeta Mercúrio.

www.facebook.com/atlasvioleta -Ao Serviço da Cultura

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s