Colóquio  Internacional da Gulbenkian debateu os caminhos da Língua portuguesa em Paris 

demegation_coup_e_2

A delegação de Paris da Fundação Calouste de Gulbenkian, no âmbito das comemorações  do seu 50° aniversário, organizou um colóquio ” Outras margens – A vitalidade dos espaços da língua portuguesa” que finalizou hoje em Paris. Neste encontro reuniram-se investigadores de Portugal, Brasil, Moçambique, Cabo Verde e França para discutirem a evolução da língua portuguesa no mundo.

Em declarações à Imprensa, o Director da Fundação Calouste de Gulbenkian, o professor João Caraça salientou que o ” português é falado de uma maneira viva com características locais muito interessantes”, sendo ao mesmo tempo ” um elemento importantíssimo de coesão”. Essa diversidade rica e multicultural foi relembrada no encontro : falou-se na influência do Oriente, e da forma como a língua nessa região ganhou autonomia própria e influenciou a evolução do português em África.

Destaque-se, entre os vários painéis, a comunicação”Os mitos da Lusofonia” do Paulo Pinto da Universidade Católica.  Que desmitificou a influência português, apresentando-o como o produto de uma visão imaginária sobre o Império português e não como o reflexo de uma presença real.

António Santos

http://www.facebook.com/atlasvioleta – A geografia da língua portuguesa no mundo !

#atlasvioleta AntónioSantos  #fundaçãogulbenkian #Colóquiointernacional

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s